:: Visite a Bahia ::
     
     
Terça, 28/03/2017 - Hoje é dia de Oxumaré (São Bartolomeu) Renovação, crescimento e prosperidade. Contas verdes e amarelas.
Ecoturismo
Alcobaça
Barreiras
Belmonte
Bom Jesus da Lapa
Cachoeira
Cairu
Camamu
Canavieiras
Candeias
Canudos
Caravelas
Costa do Sauípe
Igrapíuna
Ilhéus
Imbassai
Itacaré
Ituberá
Juazeiro
Lençóis
Madre de Deus
Maragogipe
Maraú
Monte Santo
Morro de São Paulo
Morro do Chapéu
Mucurí
Nazaré
Nilo Peçanha
Nova Viçosa
Paulo Afonso
Porto seguro
Prado
Praia do Forte
Rio de Contas
Salinas da Margarida
Santa Cruz de Cabrália
Santa Luzia
Santo Amaro
São Francisco do Conde
Saubára
Sobradinho
Taperoá
Una
Uruçuca
Valença
Vera Cruz
 
 
 
O ecoturismo na Bahia é praticado com intuito de proteger e conservar os recursos naturais com o planejamento da atividade ecônomica e do desenvolvimento turístico, atentando-se para o fato de não causar danos ao meio ambiente e promovendo a qualidade de vida da população.
 
 
Praia do Forte


Castelo Garcia D´Ávila
Um dos mais importantes e significativos monumentos do patrimônio histórico, artístico e cultural brasileiro, a majestosa ruína do Castelo Garcia D´Ávila é considerada "a primeira grande edificação portuguesa de arquitetura residencial militar no Brasil, com acentuada característica de castelo medieval, sendo o único exemplar do gênero construído nas Américas". O conjunto - composto por uma capela datada do século XVI e ruínas dos séculos XVII e XVIII - é o único monumento quinhentista do gênero no Brasil. Está situado na APA Litoral Norte, em uma Zona de Proteção Visual, abrangendo também um Sítio Arqueológico.
A Casa da Torre, como também é conhecida, começou a ser construída em 1551, na colina de Tatuapara, por Garcia D´Ávila, que chegou à Bahia em 1549, com o primeiro governador geral, Tomé de Souza, com o título de almoxarife real de Dom João VI. Com o Tratado de Sesmarias e a determinação da Carta do Farol, Garcia D´Ávila iniciou a exploração mercantilista de suas terras com a monocultura do coqueiro asiático (muito utilizado, em seguida, para a demarcação e posse de terras), pastagens e currais, marco da pecuária extensiva que avançou para muito além do Tratado de Tordesilhas.
A capela de São Pedro dos Rates, santo adorado na cidade de origem da família Ávila e de Tomé de Souza, atualmente conhecida como capela de Todos os Santos, deu início à construção da sede e, em seguida, à primeira vivenda da família. O castelo foi concluído em 1624 pelo herdeiro e neto de Garcia D´Ávila, Francisco Garcia D´Ávila, terceira geração e a mais poderosa da dinastia. Os registros históricos dão conta de que daquela "Torre" saíram não só as forças de defesa do Brasil contra invasores, estrangeiros e piratas, mas também as bandeiras dos desbravadores do Nordeste, que penetraram os sertões atravessando o rio São Francisco com boiadas, prolongando os domínios dos Garcia D´Ávila até o Piauí e o Maranhão.
O Morgado da Torre foi considerado o maior latifúndio do mundo, com 129 fazendas que ocupavam 800 mil km2, equivalente a um décimo do território brasileiro. A Casa da Torre teve representação notável na história da colonização e defesa do Brasil durante mais de três séculos, por dez gerações que se sucederam, até a fundação e consolidação do Império.
Em 1835, com a extinção do regime dos morgados, o castelo foi abandonado e, em meados do século XIX, já era uma grande ruína, sendo tombada pelo SPHAN em 1938. Atualmente é um dos atrativos mais visitados.
A restauração da capela, a consolidação das ruínas, com passarelas suspensas, e sua preservação são de responsabilidade da Fundação Garcia D´Ávila. Criado recentemente em uma área de 20 ha, o Parque Histórico Garcia D´Ávila vai contar a saga dos D´Ávila através de uma maquete do castelo e de uma aldeia indígena, museu arqueológico e centro de visitantes.
Duração: 3 horas.
Dicas: uma ciclovia de 4 km liga a vila de Praia do Forte ao Castelo.
Como chegar: percorrer 2 km da estrada que liga Praia do Forte à Linha Verde e entrar à esquerda, por mais 4 km, até o Parque Histórico Garcia D´Ávila.

Baleada
Antes privilégio do litoral sul da Bahia, a observação de baleias é o mais novo atrativo em Praia do Forte, no período de julho a novembro, quando as baleias da espécie jubarte migram do pólo sul para acasalar e parir seus filhotes. A baleada consiste em observar esses mamíferos em embarcações do tipo catamarã, lancha ou escuna a uma distância de 6 a 10 milhas da costa. Antes de embarcar, o visitante assiste a uma palestra sobre educação ambiental e normas de procedimento para observação.
Duração: 6 a 8 horas
Dica: contatar as agências de turismo receptivo em Praia do Forte para agendar o passeio.
Como chegar: saída de Praia do Forte em catamarã.


Vila de Praia do Forte
Os primeiros pescadores chegaram ao lugar no final do século XIX, quando construíram uma capela dedicada à Nossa Senhora Santana, no meio da vila, que não mais existe. Os pescadores acreditavam que estariam mais protegidos se construíssem uma capela mais próxima ao mar e, assim, surgiu a igreja de São Francisco de Assis, em 1900. Em 1993 o pintor Carlos Bastos, o artista plástico Altamir Galimbert e a comunidade restauraram o interior da igreja. Todo o acervo, constituído de painéis de pintura em tamanho natural - Via Crucis, Nossa Senhora da Conceição, São Benedito e São Francisco de Assis - são da autoria de Carlos Bastos. A vila é dotada de infra-estrutura turística, com opções de hospedagem e alimentação para todos os gostos e bolsos, oferecendo desde o conforto de um ecoresort até pousadas simples e aconchegantes.
Duração: tempo livre.
Como chegar: sair de Salvador pela Avenida Luis Viana Filho, mais conhecida como Avenida Paralela, e seguir pela Estrada do Coco, BA-099, até Praia do Forte a 74 km do centro da capital.

Clique aqui e saiba mais sobre Praia do Forte.

 
 
 
 
 
 
SHOPPINGVISITEABAHIA

 

Documento sem título
Sites do Grupo VBTur :
VBTur :Agencia Operadora de turismo Receptivo em Salvador :Ag.receptivo Pacotes de Reveillon :Pct hospedagem
Pacotes de Carnaval : Pct hospedagem Visite a Bahia: Portal de Turismo Bahia Visite o Brasil: Portal de Turismo Brasil
Turismo TV: Webtv sobre Turismo Noticias de Turismo: Noticias s/Turismo Ofertas do Turismo: Ofertas especiais
Leilão de Turismo: Produtos turísticos Central de Escunas: Passeio às Ilhas Turismo Club: Ofertas só p/associados
Aquishow: Portal de Musica e Lazer    

Copyright 2004 -VisiteaBahia.com.br

Todos os direitos reservados à visiteabahia.com.br * É totalmente proibida a cópia total ou parcial desse site.