:: Visite a Bahia ::
     
     
Segunda, 26/06/2017 - Hoje é dia de Omolu, Obaluaiê (São Roque e São Lázaro) Deus da cura de doenças. Contas pretas e vermelhas.
História da Bahia
Descobrimento
Capitanias Hereditárias
Os Negros
Os Índios
Grupos Étnicos
Religião
Educação
Política
Econômia
Folclore
Turismo
Carnaval
Idioma Baiânes

 

 
 
 
 
O desenvolvimento do turismo na Bahia

O turismo na Bahia como atividade de interesse estratégico para a economia baiana, começou a se desenvolver na capital ainda no meado do século XX. Tudo indica que o primeiro documento utilizado por um órgão do governo do Estado para o setor do turismo, foi um estudo feito por uma empresa de propaganda no ano de 1955 e doado para a Prefeitura Municipal do Salvador, intitulada de “ Plano de Turismo da Bahia”, cujo o objetivo era chamar a atenção do setor público para o potencial da cidade. Em 1958, o turismo é incorporado no “ Programa do Estado da Bahia”, através do “ Programa de Recuperação Econômico da Bahia” e em 1959 o turismo passa a fazer parte do “ Programa de Desenvolvimento da Bahia ( PLANDEB) ”, relativo ao período de 1960/63.

Observa-se que até o meado da década de 1950, o Estado tinha uma economia agrícola, cujo principal produto era a exportação do cacau. A partir da década de 60, começa o processo de industrialização , através da implantação da Refinaria Landulfo Alves, em Mataripe e do Centro Industrial de Aratu (CIA). Nos anos 70 do século XX, consolidou-se o processo de industrialização com a construção do Pólo Petroquímico de Camaçari (COPEC).

Bem, o que tem haver o processo de industrialização da Bahia com a implantação e desenvolvimento do turismo no Estado? Tem tudo haver, pois essa industrialização levou a urbanização e a expansão do setor terciário, destacando-se o turismo. A ampliação e a modernização da infra-estrutura hoteleira em Salvador e a descoberta de novas cidades como pólos turísticos, vai acontecer também na década de 70, motivada inicialmente pela nova classe social que surgia com a indústria e que representava um potencial muito grande para o consumo dos produtos turísticos da Bahia.

Efetivamente, a Bahia deu seus primeiros passos no sentido de execução e desenvolvimento do turismo, a partir do “ Plano de Turismo do Recôncavo ( PTR)”, que foi concluído no ano de 1970. Esse plano teve como novidade a análise setorial, ou seja, desenvolveu-se uma política especifica para uma determinada região e sua área de atuação abrangeu 38 municípios, outra novidade foi o fato deste plano ter sido o primeiro voltado exclusivamente para o setor .

Como já foi dito anteriormente, no final da década de 70, o turismo se consolidou no interior da Bahia nas áreas litorâneas, precisamente em Porto Seguro, depois Ilhéus, Valença e foi se expandindo pela costa baiana. Todavia, Porto Seguro consolidou-se como o principal destino turístico do Estado. Outro fator que contribuiu para a interiorização do turismo no Estado foi a construção da BR-101 e a criação da Bahiatursa, que inicialmente tinha a função de fiscalizar hotéis e afins . Ainda na mesma década , surgiu o Litoral Norte, que na sua 1ª etapa abrangia a área compreendida de Lauro de Freitas até Itacemirim.

Em 1974, foi desenvolvido o “ Projeto Baía de Todos os Santos” , a pedido da Coordenação do Fomento ao Turismo , com o objetivo de identificar as potencialidades turísticas da Baía de Todos os Santos e do litoral do Recôncavo, definindo as áreas prioritárias para o desenvolvimento do setor. Para o biênio de 1973/74, através do “Plano Diretor da Orla Marítima”, foi realizado o inventário e levantamento das necessidades básicas do receptivo, da faixa litorânea que se estende de Salvador à Mata de São João. Dentro da Política de Desenvolvimento Urbano e Regional do Estado da Bahia ( PDUR), para o período de 1979/83, foi criado o “ Programa das Cidades Turísticas ( PCT)”, cujo objetivo era aproveitar as potencialidades existentes nas diversas regiões do Estado, estimulando o turismo regional de fim-de-semana e criando pontos de apoio ao longo dos eixos de acesso a Salvador e tais localidades.

Através de diversas Secretárias e Órgãos do Estado, a partir da década de 90 a Bahia vem priorizando o PRODETUR ( Plano de Desenvolvimento Turístico), pois esse programa não tem apenas um caráter de ordem turística. Ele abrange diversos setores, desde infra-estrutura básica, projetos de qualificação de mão-de-obra até a implantação de complexos turísticos. O PRODETUR/Ba, é uma parceria entre os Governos Estadual e Federal, coordenada pela Bahiatursa, objetivando o melhor aproveitamento de suas potencialidades naturais, culturais, históricos e redefinindo o espaço territorial baiano através do desenvolvimento turístico.
 

Sergio Vinicius Tanure dos Santos
30-11-1999
Aluno do Curso de Turismo da Faculdade Integrada da Bahia

 
 
 
 
 
 

Menu Informações Turísticas l Voltar página anterior l Imprimir l

 
 
 
SHOPPINGVISITEABAHIA

 

Documento sem título
Google

Copyright 2004 -VisiteaBahia.com.br

Todos os direitos reservados à visiteabahia.com.br * É totalmente proibida a cópia total ou parcial desse site.